Home

Crianças são foco de vacinação para conter surto de sarampo; alguns postos da capital não têm doses

 

No Ceará, mais de 65 mil bebês, entre seis e 11 meses de vida, precisam ser imunizados contra o sarampo. Com mais de dois mil casos da doença registrados em 11 estados do País e três mortes confirmadas em São Paulo, o Ceará tenta barrar a transmissão da doença. O Estado conta atualmente com 95% de cobertura vacinal.

 

A reportagem da Rádio O POVO CBN visitou três postos de saúde na manhã desta segunda-feira 2. No bairro Vila União, o posto de saúde Tarbay Barreira está sem doses disponíveis da vacina desde a última quinta-feira, 29, e não há previsão de reabastecimento. No bairro Damas, o posto de saúde Dr. Gothardo Peixoto Figueiredo também não dispõe de doses da tríplice viral desde a última sexta-feira, 30.

 

A reportagem encontrou doses da vacina sendo ofertadas no posto Anastácio Magalhães, no bairro Rodolfo Teófilo. Conhecido como posto cinco, a unidade está aplicando a imunização em crianças e adultos, de acordo com a recomendação do Ministério da Saúde.

 

A coordenadora da Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde do Estado, Daniele Queiroz afirmou que a distribuição vem se mantendo regular e que é preciso entender o que acontece nas unidades, individualmente. "Realmente, no primeiro momento, houve uma dificuldade no início, mas a gente acredita que esse fluxo de distribuição, de abastecimento já está regularizado. Não houve falta de vacina, não houve desabastecimento de vacina. Então talvez tenha sido algum problema mesmo de distribuição interna. Mas essa vacina é pra estar em todos os postos de saúde do Estado". (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)