Home

Vazamento das conversas entre Moro e Dallagnol divide opiniões de deputados na AL-CE

 

Após a divulgação dos áudios de conversas entre o ministro Sérgio Moro, então juiz federal, e o procurador da República, Deltan Dallagnol, durante desdobramentos da operação Lava-Jato, deputados cearenses repercutem o episódio na Assembleia Legislativa do Ceará. O deputado estadual pelo PT, Acrísio Sena, afirma que essa situação"quebra a segurança jurídica e as regras básicas do estado democrático de direito." O deputado Elmano Freitas, também do PT, diz que reforça o discurso de Acrísio e diz que o vazamento invalida a condenação do ex-presidente lula nos casos do Triplex e do Sítio de Atibaia

 

O deputado pelo PSL, deputado Cavalcante discorda e diz que o episódio nada mais é que uma tentativa de enfraquecer uma das maiores operações contra a corrupção no Brasil em favor de um condenado legítimo. Apesar de ponderar que houve falta de ética por parte dos magistrados, o deputado Heitor Freire acredita que não há comprometimento à operação. Mas ressalta a necessidade de ampliar as investigações.

    

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) emitiu uma nota em que aponta uma "relação de promiscuidade" entre Moro e Dallagnol na condução dos processos da lava jato. A ordem se diz ainda perplexa e preocupada com a divulgação destas informações. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)