Home

Motoristas afirmam conhecer o teor do decreto, mas aguardam orientações sobre aplicação das exigências

 

A novela envolvendo o funcionamento de aplicativos de transporte de passageiros em Fortaleza, como o Uber e a 99, ganhou novo episódio na última semana. Em meio ao impasse jurídico sobre o tema, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) editou novo decreto impondo uma série de regras quanto à identidade visual de motoristas do serviço, com penas de multa de 1 mil e 500 reais e apreensão do veículo para profissionais irregulares.

 

O prefeito Roberto Cláudio afirma que foi tudo acordado com a categoria, mas alguns motoristas ainda reclamam do decreto. É o caso de Lucas Varela, que diz conhecer o teor do decreto, mas considera que faltou informação especialmente sobre apreensões. Já o Welialdo Lima não sabia da obrigatoriedade do adesivo e ainda aguarda orientações de como proceder. (Foto: Fábio Lima)