Home

Justiça francesa autoriza Brasil a repatriar 45 fósseis vendidos de forma ilegal na Europa

 

A justiça da França autorizou o Brasil a repatriar 45 fósseis de dinossauros e de outros animais que estavam à venda na internet e foram exportados de maneira ilegal. De acordo com o procurador do Ministério Público Federal, Rafael Rayol, as investigações sobre a venda ilegal de fósseis de origem brasileira começaram em 2014, após denúncia de que um fóssil de pterossauro estava à venda na internet. A peça era oferecida por cerca de 250 mil euros.

 

O valor estimado dos 45 fósseis é de quase 600 mil euros. Isso corresponde a cerca de R$ 2,5 milhões. O cálculo leva em conta raridade, interesse científico e qualidade de preservação das peças. O fóssil que levou a denúncia foi descoberto na chapada do Araripe, localizada nas divisas dos estados de Ceará, Pernambuco e Piauí.

 

Além deste, devem ser devolvidos ao Brasil fósseis de pterossauros, tartarugas marinhas, aracnídeos, peixes, répteis, insetos e plantas. Os fósseis deverão seguir para o Museu de Paleontologia de Santana do Cariri e outros equipamentos do Geopark Araripe. (Foto: Reprodução)