Home

Abusos em preços de material escolar

A corrida dos pais às livrarias para comprar o material escolar dos filhos já começou em Fortaleza. Quem adquiriu os itens ainda em dezembro de 2017 conseguiu pagar menos pelos produtos, já que os preços costumam ser reajustados no início de cada ano letivo. O Procon de Fortaleza fez levantamento e alerta para os possíveis abusos do comércio e das escolas. Para tratar do assunto, conversamos com o coordenador Jurídico do Procon Fortaleza, Airton Melo.