Home

Sindicato dos Médicos do Ceará denuncia carência de carros do Samu em Fortaleza

O Sindicato dos Médicos do Ceará denunciou ontem ao Ministério Público do Estado o funcionamento precário do Samu. De acordo com o sindicato, o serviço opera atualmente com frota reduzida, sendo cinco ambulâncias básicas e três de UTI em Fortaleza. Para entender o prejuízo dessa situação a população de Fortaleza ouvimos, ao vivo, a presidente do Sindicato dos Médicos no Ceará, Mayra Pinheiro.